educacao
literatura
home

Sua majestade, o costelão!

costelao
Clique aqui para salivar!

GALERIA DOS DEGUSTADORES
fotos

DICA QUENTE!

Boutique de carnes
moacir

 

RECEITA DO COSTELÃO:

1. Ingredientes:
1 costelão do Moacir (o miolo da janela!) com 4 Kg;
4 Kg de carvão;
Sal grosso da marca Pirata;
1 churrasqueira feita em tonel, com grelha e tampa;
Papel alumínio;
1 garrafa de vodka Absolut;
10 limões taiti;
1/2 Kg de açúcar;
24 latas de cerveja Bohemia;
1 barril de 30 litros de chope da Brahma, com serpentina elétrica!

2. Preparo:
a) Lá pelas 9 horas da manhã, pega o costelão e, se houver alguma coisa pendurada, o que é improvável, remova. Tire também um eventual carimbo do S.I.F.
Nota: "não" tira o matambre nem a gordura, animal!
b) Esfrega o sal grosso em toda a peça, começando pela parte do osso;
c) Pega a grelha da churrasqueira e faz uma espécie de "moldura" em papel alumínio, de tamanho suficiente apenas para proteger a ponta dos ossos. Tchê, eu "não disse" que é pra colocar o costelão sobre uma lâmina de papel alumínio! Lê de novo!
d) Coloca 2 Kg de carvão na churrasqueira, toca fogo e espera uns 15 minutos até formar a brasa. Feito o braseiro, espalha ele pelo fundo do tonel;
e) Coloca o costelão na churrasqueira, fecha a tampa e abre a porta frontal do tonel uns 2cm pra o fogo não morrer.

Se não entendeste, dá uma olhada nas figurinhas, compadre! Clica aqui!

Bueno, agora são umas 9:30, e o costelão será servido lá pelas 13:30 horas, ou seja, por volta de 4 horas de fogo. Ah! Quase que me esqueço: bota o lado do osso pra o lado do fogo, caso ainda não tenhas entendido, deixa o matambre virado pra cima, tchê!

Tu vais ter pelo menos umas 2 horas pra ficar coçando... Faz um mate bagual e fica ouvindo o Mano Lima, que é a fina flor da grossura, mas é autêntico e de raiz genuinamente gaúcha.

Lá pelas 11:30 tu colocas um pouquito mais de carvão (menos de 1 Kg) pela porta frontal da churrasqueira (e não abre a tampa superior!), lava as mãos e "abre os trabalhos" com uma bela "caipa" de vodka... Vai bebericando e, quando as visitas começarem a chegar tu já vais estar bem sorridente, e sem aquele bafo desgraçado de cachaça, argh!

Chegando as 13 horas, já tá todo mundo "esgualepado" de fome... Coloca mais um pouquito de carvão e, por favor, não serve nada de salgadinhos, pãozinho, biscoitinho... Deixa a bugrada salivar e pede pra mulher pôr a mesa, pratos (que serão desnecessários, mas elas insistem, né?!), saladas, copos, guardanapos, farinha de mandioca, azeite de oliva, sal fino, vinagre balsâmico...

Tá na hora! São 13:30...

Pega um sarrafo, ou uma colher de pau, ou um espeto e, aberta a tampa superior da churrasqueira, bate o excesso de sal que está na parte superior e nas laterais do costelão.

Pega uma tábua de carne compatível com o tamanho da "peça" e aproxima da churrasqueira, pra colocar o costelão sobre ela. Tchê, a gente come também com os olhos! Raspa eventual excesso de sal e tira qualquer pedacinho de papel alumínio que tenha ficado grudado. Leva o costelão pra o "lugar sagrado" a ele reservado na mesa. Pega uma faca grande, de macho, e corta o costelão no sentido dos ossos.

Te afasta e deixa a cachorrada se fartar! Queres apostar que não levará mais do que 15 minutos pra o costelão ser devorado?!

Enquanto a bugrada está se entretendo (eu não disse "entertendo"! Lê direito!), dá uma limpada na grelha e começa a colocar no fogo as perfumarias: linguiça (sem trema! Olha a nova gramática!) do Bola, pão com alho, carré e picanha de ovelha, picanha de gado, lombo de porco recheado com tomate, cebola e com queijo ralado por cima, e por aí vamos!

Estes acompanhamentos serão vitais para garantir que o barrigudo de 30 da Brahma será derrubado com louvor!

SAÚDE!